Poesias

Ser Negro

Busco minhas origens
e encontro
sangue negro
em minhas veias.
Sou parte do Todo
e a cor da pele
não me acrescenta.
Sou branca de pele,
ou melhor,
sou cor de pele,
na pele.
Minha alma,
como todas,
é eterna
e a pele muda
a cada encarnação.
Todas as sombras são negras...
Hoje sou branca,
mas principalmente,
minha raça...
é a Humana!

Neida Rocha
20/11/2020

 

 

Todos os direitos reservados a Neida Rocha. Os textos podem ser copiados, desde que citado o nome da autora

site desenvolvido pela wwsites - sites para escritores