Poesias

ADOLESCÊNCIA

Sonhos juvenis.
Quando há a certeza
de que se pode tudo.
Hormônios aflorados,
fervendo,
produzindo sonhos.
Época em que se procuram heróis
e se espelha no ideal.
Idade para fazer tudo:
o possível e o impossível.
Certeza de que
os sonhos serão alcançados.
Projetos idealizados
permitindo a construção de castelos.
Ser feliz é a ordem do dia
com tentativas de superar as incertezas
que baixam o astral.
Amores não correspondidos,
mas com a alegria perene.
Apenas lembranças...
Então...
percebo a lágrima silente
e a busca pelo sonho esquecido.

Neida Rocha
01/06/2016

 

 

Todos os direitos reservados a Neida Rocha. Os textos podem ser copiados, desde que citado o nome da autora

site desenvolvido pela wwsites - sites para escritores