Poesias

A VIDA PASSADA A LIMPO

Quando eu passar minha vida a limpo
quero relembrar os fatos felizes.
Lembrar-me do rosto dos amigos.
Quero sentir a felicidade revivida.
Quero sentir que fui amada e saber que amei.
Reviver o sorriso de uma flor,
olhar a lua e enamorar-me dela.
Sentir que cada minuto foi único.
Que cada dia foi um aprendizado.
Ter a certeza de que minha vida foi vivida
com a intensidade da paixão,
com a ternura de um sorriso,
com a fragilidade da eternidade,
com a perfeição dos imperfeitos.
Saber que em cada envolvimento
houve sentimento.
Que cada lágrima rolada foi sentida,
assim como o soluço contido foi sentido
no mais profundo do meu ser.
E acima de tudo,
quando eu passar minha vida a limpo,
quero ter a certeza de que nada foi esquecido
e que nesta existência,
eu deixei minha assinatura.

Neida Rocha
01/06/2016

 

 

Todos os direitos reservados a Neida Rocha. Os textos podem ser copiados, desde que citado o nome da autora

site desenvolvido pela wwsites - sites para escritores