Poesias

ATÉ BREVES

Poema escrito para meu filhote amado, Otávio.
Otávio partirá em uma viagem voluntária pelo Brasil e exterior.
Para quem leu Paulo Coelho, será a viagem do ALQUIMISTA.
Ele tem 21 anos e pelo Calendário Maia é CAMINHANTE.
Eu o amo muito e respeito sua decisão, pois ele que seguirá seu Caminho ao encontro de si mesmo.

Exercício do desapego.
Situações que se repetem.
Ângulos diferentes
para situações iguais.
Muitos até breves.
Imagino-te entre lágrimas,
para muitos desapegos,
enquanto nós sofreremos menos,
pois a despedida individual
será sentida uma vez,
enquanto tu
dirás adeus...
a MUITOS.


30/01/2009

 

 

Todos os direitos reservados a Neida Rocha. Os textos podem ser copiados, desde que citado o nome da autora

site desenvolvido pela wwsites - sites para escritores