Poesias

DIA DO BEIJO

Coisas que gosto de fazer
entre elas, uma é beijar.
Outra coisa é escrever
e de você sempre lembrar.
Beijo tem gosto de quero mais
pois não basta um somente.
Beijo sempre e jamais
fico só com um, contente.
Até hoje se questiona
porque os olhos fechar,
não sei se por vergonha
ou para outro imaginar.
Pergunto a mim mesma,
onde se ensina a beijar,
mas logo eu respondo:
isso vem com a natureza
escondida em algum lugar.
Na escola não se aprende
ou em qualquer outro lugar,
mas o beijo é a semente
que todos querem ver brotar.
Se quiseres conhecer
não adiante explicar
pois beijar só aprende
cada vez que praticar.
Um conselho dou agora
preste muita atenção,
pois o beijo é a causa
de alguma confusão.

Neida Rocha
10/07/2015

 

 

Todos os direitos reservados a Neida Rocha. Os textos podem ser copiados, desde que citado o nome da autora

site desenvolvido pela wwsites - sites para escritores