Poesias

DIA DA VOVÓ: GABRIEL

Na certeza do Amor,
fui concebido.
Brotei no ventre materno
e minhas raízes
alastraram-se
para meus antepassados.
O jardineiro do meu viver
é meu exemplo,
dando-me segurança paterna.
Amadureci perfeito,
fui colhido maduro
e acolhido nos braços do amor familiar.
Nos primeiros momentos,
suguei a seiva do seio materno,
regado pelas lágrimas paterna.
O choro e o riso ficaram gravados
nas imagens da madrugada.
Já no lar, doce lar,
dei meu primeiro grito de independência,
com a queda do cordão umbilical,
mas mesmo sendo um ser único,
preciso do alimento maior
para minha sobrevivência emocional:
O AMOR INCONDICIONAL

Neida Rocha
27/07/2014

 

 

Todos os direitos reservados a Neida Rocha. Os textos podem ser copiados, desde que citado o nome da autora

site desenvolvido pela wwsites - sites para escritores