Poesias

O DIA DEPOIS DO NATAL

O dia depois do Natal é vazio.
A esperança acabou.
A lágrima secou.
A fraternidade acabou.
A esperança deu lugar ao desânimo.
A fartura das mesas foi parar no lixo.
As palavras de amor
foram trocadas por ordens.
A beleza do Natal passou.
A iluminação ficou somente nas casas,
pois os corações estão às escuras.
O sofrimento alheio não mais comove.
O sonho do Natal foi conscientizado
pela prestação que vencerá
daqui a alguns dias.
As comunidades carentes foram trocadas
por miseráveis preguiçosos.
O espírito do Natal
deu lugar ao sentimento físico:
“quanto eu ganho com isso?”
Mais uma data passou
e seu significado
será buscado no ano que vem!


23/11/2013

 

 

Todos os direitos reservados a Neida Rocha. Os textos podem ser copiados, desde que citado o nome da autora

site desenvolvido pela wwsites - sites para escritores